Arquivo de julho, 2010

“tenha um liMdo dia”

Posted in 1 on julho 30, 2010 by CorrePaula

Coisa feia é o orgulho.

Mas não é difícil engolir e seguir em frente. Além de tudo faz bem!

Bem pra pele, pro corpo, pra alma e pro coração.

Eu peço perdão com ou sem razão, sou libriana, né? A gente quer equilibrar o mundo todo, passar um pano em tudo, e eu até curto ser libriana, só acho chata a indecisão que me persegue. Ora quero abraçar o mundo, ora quero chutá-lo.

Olha, só sei que nunca pedi tanto perdão e nunca perdoei tanto quanto nesse ano.

Tô achando tudo vísceral, esquisito, legal (não é poeminha, não tenho a menor vocação) e na verdade eu não queria que esse ano acabasse.

Saturno acabou de entrar em Libra (e assim permanecerá até outubro de 2012) e pede responsabilidade + amadurecimento.  Diz que a arte da diplomacia estará em alta até outubro de 2012 afinal Libra é a arte da guerra da ponderação. E aí eu não sei se acredito muito nessas coisas. Mesmo assim devo admitir que fiquei empolgada com essa coisa de Saturno em Libra pois só ouvi coisas boas à respeito deste tão esperado evento. Portano ma friends…só nos resta ficarmos (ou seria FICAR?) no aguardo.

“Minha vida é uma vida”. e a sua?

ok?

Posted in 1 on julho 30, 2010 by CorrePaula

Yo Gabba Gabba for Vans

Posted in 1 on julho 29, 2010 by CorrePaula

Petit Prince.

Posted in 1 on julho 29, 2010 by CorrePaula

Tenho certeza que poucas pessoas não leram pelo menos uma vez na vida O Pequeno Príncipe, ou pelo menos tentaram ler.

Peguei pela primeira vez quando tinha uns 7 anos, meu pai ganhou quando criança e deixou para nós. Claro que não entendi muito o que aquilo queria dizer, o Baobá me confundia, eu só conseguia entender a flor e as estrelas…mas como sempre foi um livro que mexeu comigo de alguma maneira (sendo pelas figuras ou por algumas poucas frases que eu entendia.) eu acabava que lendo muitas vezes e isso foi algo que perdurou até minha fase adulta (até hoje, aloca).

Me lembro com detalhes do momento em que tudo começou a se encaixar na minha cabeça, tudo realmente começou a fazer muito sentido.

Entendi perfeitamente o que  “só se vê bem com o coração, o essencial é invisível para os olhos”  queria dizer (inclusive virou uma tatuagem, a minha preferida.), acho que depois que tive a Malu ler o Pequeno Príncipe foi uma das primeiras coisas que me emocionou muito, eu estava ali, mãe, cheia de amor, ocitocina bombando e resolvi pegar no livro depois de alguns anos esquecido….claro que tudo ficou muito claro naquele momento.

Há muito tempo atrás achei numa gaveta da minha vó o livro Cartas ao Pequeno Príncipe, tentei ler muuuitas vezes mas infelizmente até hoje não consegui entendê-lo.

E aí outro dia o Gustavo chegou em casa com o filme do Pequeno Príncipe de presente para nós, claro que eu alucinei muito mais do que a Malu, achei até que ela não fosse ligar, afinal todo mundo sabe que essa história é uma história para crianças não-crianças (fica a dica que acho necessário os pais lerem para seus pimpolhos esse livro) mas para minha surpresa ela adorou  e toda vez que assiste acaba chorando no final na hora em que o Príncipe vira estrela. O filme é demais, é meio musical, se passa no deserto e a raposa não poderia ser melhor interpretada pelo incrível Gene Wilder (Fantástica Fábrica de chocolate).

E sinceramente? Não há nada no mundo mais lindo do que ver minha filha chorando pelo Pequeno Príncipe….significa que ela entendeu o que precisava entender.

Por favor, se ainda existe alguém que não tenha lido, leia!

Voilá.

Posted in 1 on julho 27, 2010 by CorrePaula

capa:
André Coelho é modelo e triatleta, tem 37 anos, seu tempo nos 10k é 00:42.

veste short reebok para Mundo Corrida, camiseta Asics para Fast Runner, meia Olympikus, Tenis The North Face VUZA e frequencímetro Polar RS300.
Foto: Rodrigo Petterson
Produção e estilo: Paula Narvaez
Direção de arte: Thais Rodrigues
Beleza: Gil Scawia (ABA MGT)

Agradecimento: Parque da Cantareira.

A trip.

Posted in 1 on julho 24, 2010 by CorrePaula

De novo ela foi viajar…e eu que não sei administrar a tal da solidão fico aqui beirando o desespero.

Como dizem que é gostoso ficar sozinha de vez em quando, vou tentar abrir meu coração para ver se a info procede mesmo.

Jeremy Scott For Adidas Originals

Posted in 1 on julho 24, 2010 by CorrePaula