uma coisa leva à outra….

Ultimamente várias pessoas tem me perguntado como eu consigo disposição para fazer tanta coisa na vida e tal, mas várias mesmo, o que me deixa até lisonjeada pois não estou acostumada à ser elogiada.

Na verdade foi uma coisa que levou à outra na minha vida, como vcs sabem eu engravidei em 2004 em Julho de 2005 e no dia da minha cesárea eu pesava 82kg, ou seja, 29 kilos à mais do que eu pesava qdo engravidei, uma calça 44 não entrava em mim, meu marido já estava desconcertado em fazer sexo comigo (e com razão) e aí enfim…Malu nasceu enorme e qdo voltei pra casa me pesei e estava com 78 kilos…

Chorei na farmácia!

Eu sempre fui magra, de repente me vi totalmente desfigurada e com uma barriga alien pós-cesárea…

Um mês depois que ela nasceu eu precisava fazer alguma coisa para mudar a situação, já estava pesando 70 kilos mas ainda era demais pra minha cabeça, foi quando decidi entrar na academia…e foi aí que comecou o meu hábito de malhar, eu digo hábito pq não é exatamente uma paixão…é um hábito mesmo, às vezes não estou afim, às vezes odeio as pessoas da academia ou simplesmente não quero!

Não é uma paixão!  Eu não adoro ficar de quatro levantando a perna para a bunda ficar dura nem adoro fazer prancha para ficar com a barriga firme…não adoro nada disso, mas necessito!

Depois que a gente tem filho é assim, se bobear cai mesmo, se comer um pouquinho à mais engorda um montão

e se der a louca de não querer ir treinar a consciência pesa tb.

Hoje eu coloco um biquini tranquilamente e até feliz, pq sinceramente eu sei o mérito que eu tenho de ter conseguido recuerar a forma depois de carregar um excesso de 30 kilos, não vou fazer falsa modéstia, eu abri mão de muita coisa para malhar, acordei cedo aos Sábados, deixei de comer pizza com a família….além da cinta-macaquinho sensual que udei durante vários meses após dar a luz.

Não foi nem perto de ser fácil e até hoje não é!

Mas graças à Deus encontrei uma coisa que me faz muito muito feliz e que deixa meu corpo bonito: correr!

Mas não pensem que comecei do dia para a noite, comecei caminhando, depois correndo 5 minutos (e quase morrendo) e assim gradativamente, tem dois anos que corro de verdade…

E correr sim além de ser um hábito, hoje,  é uma paixão.

Então amigas que me perguntam sobre a disposição…não é exatamente disposição, é muita vontade de ter tudo no lugar! Pode parecer fútil e besta para algumas pessoas, mas quem carregou 30 kilos à mais na vida não quer passar por isso nunca mais!

Por isso que digo que uma coisa leva à outra e tudo começa com um simples objetivo que acaba virando um hábito que pode virar uma paixão e assim vai…..

E eu super apoio as amigas que querem começar a malhar pq a vida fica muito melhor e a gente fica muito mais leve (sem trocadilhos).

chorey!

Anúncios

2 Respostas to “uma coisa leva à outra….”

  1. Oi Paula!
    Eu acompanho seu blog sempre que posso- e adoro- e lembro de você de fotolog, e de te ver na black box (!!) haha e bom, hoje eu senti a necessidade de comentar porque me identifiquei suuuper!

    Esse ano eu engordei 20, isso mesmo, VINTE quilos.
    Eu tava morando fora, voltei, me deparei com problemas de família, emprego.. auto estima e a coisa foi se tornando uma bola de neve.

    Eu já não levantava da cama de desanimo, sem vontade de que o namorado encostasse em mim (e eu sempre fui CALIENTE haha), sentia dores no corpo e sabia que muito disso se devia ao sobrepeso.

    Não tinha animo pra comprar roupas e na verdade não queria, afinal gastar com roupas tamanho maior era me conformar com a nova imagem.
    Andava de legging e chinelão + camiseta todos os dias.
    Eu sempre fui grandona, porte de travecão então nem é uma coisa que se diga nossa, ela tá obesa. Mas pra mim foi inaceitável.

    Se eu gostasse de mim gordinha, tudo bem.
    O namorado mesmo, nem ligava.
    Mas eu sim, me olhava no espelho e sentia repulsa.
    Não entrava em NENHUMA das minhas roupas.
    E eu sempre fui vaidosa, cheia de vestidinhos e fru frus.. hehe

    Bom, sei que um dia, FINALMENTE eu caí na real.. e que eu precisava urgentemente fazer alguma coisa!
    A vida tava passando.. e eu tenho uma vida incrivel, não posso ser mal agradecida e reclamar, sabe? e tava desperdiçando tudo.

    Foi quando eu resolvi largar o emprego, ir atrás de outro e me dar ao “luxo” de me cuidar esse restinho de ano.
    Com esse calor dos infernos, resolvi fazer hidro junto das velhinhas.
    E aí comecei a nadar.
    E também, descobri que é um hábito e eu tento incluir os exercícios como parte da minha rotina.
    E a natação se tornou uma paixão posso dizer.
    Também me bate uma preguiça alguns dias.. mas a sensação de dever cumprido depois, não tem igual.

    Tô nessa e já emagreci e o mais importante, voltei a viver, posso dizer assim.
    Tô MUITO mais animada, muito mais disposta e as minhas dores nas costas, etc sumiram!
    Minha alimentação tá super belezinha, tô tendo o prazer de me cuidar, sabe? e me gostar. Acho que isso é o mais legal!

    Bom, desculpa que o comentaário ficou gigante!
    Mas foi ótimo ler e saber que não estou sozinha! haha
    um super beijo!!
    tudo de bom pra você, sempre, gata!
    e ps> acho a malu coisa mais liiiinda!

  2. nossa! ficou enorme mesmo!! haha
    descuuuulpa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: