empreendedoras!

Talento e sorte
Como duas amigas transformaram a brincadeira de faculdade em uma confecção lucrativa, com representantes no Brasil e no Japão
Por Bruna Ferreira
Helena e Lívia no estúdio da Amonstro:
o errado que deu certo

A marca de roupas Amonstro, das paulistas Helena Pimenta, 31 anos, e Lívia Torres, 27, tinha tudo para dar errado. E deu certo. Elas eram estudantes de moda da Faculdade Santa Marcelina quando começaram a vender suas primeiras criações nos bares e baladas de São Paulo. Com estampas divertidas e cheias de cor, as peças eram dispostas em manequins com cabeça de bichos (daí o nome da marca) e confeccionadas num esquema superartesanal, no quintal de suas casas.

Quatro anos atrás, em uma dessas noitadas, as duas toparam com um executivo da Ellus 2nd Floor que as convidou para desenvolver estampas para a grife. No mesmo período participaram do extinto Amni Hot Spot, que durante 11 edições levou às passarelas nomes jovens e promissores do mundo da moda. ‘A carga de trabalho aumentou num ritmo absurdo, mas nós continuávamos fazendo as camisetas em casa’, afirma Lívia. E o pior: o pouco dinheiro que as duas tinham foi gasto na produção do desfile, de modo que não sobrou um tostão para comprar mais matéria-prima. ‘Éramos o exemplo do antiempreendedorismo’, diz Helena.

De repente, as amigas perceberam que a brincadeira de faculdade tinha ficado séria e que precisavam mudar o modus operandi da Amonstro. ‘Conversamos com nossos familiares e eles abraçaram a idéia. O espaço da loja é do meu pai, mas a marca já se mantém com capital próprio’, afirma Helena.

No ano passado, uma parceria com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) resultou em uma feira no Japão, da qual Helena e Lívia voltaram com três contratos assinados. Atualmente a grife é comercializada em lojas multimarcas no Japão, tem representantes em São Paulo e no Rio de Janeiro e ainda serve de figurino para a cantora Luísa Lovefoxxx, da banda Cansei de Ser Sexy.

A aposta das duas é investir mais no comércio online, que já representa cerca 20% das vendas. Hoje elas produzem aproximadamente 1.500 itens por coleção. Sabem que é pouco perto das grandes marcas. ‘Mas para quem fazia cinco peças sob encomenda para os amigos, até que evoluímos bastante’, diz Helena.

http://revistacriativa.globo.com/Criativa/0,19125,ETT1692678-2451,00.html

NOTA PLEASUREISALLMINE:

E SÃO UMAS QUERIDAS SEMPRE ANIMADÍSSIMAS NA BUATY.

Anúncios

Uma resposta to “empreendedoras!”

  1. queridas . merecem cada conquista .
    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: