vcs sabiam?

que o estilista Ted Lapidus morreu?

Nem eu, li no Globo na seção obituário, na casa da vovó Myriam.

são dele os óculos incríveis que a Nicole Richie usa (inclusive vc pode comprar modelos “inspired” baratinhos no Bleu Dame. http://www.bleudame.com/product_info.php?products_id=1264)

vintage_ted_lapidus_b0923_seite_7840ce

O estilista francês Ted Lapidus, que alcançou a fama nos anos 1960 e 1970 com a moda unissex e o look safári – um estilo que logo se tornou popular em todo o mundo – faleceu nesta segunda-feira (29) aos 79 anos, no hospital de Cannes (sul da França), informou a família.

“A morte, por insuficiência respiratória, aconteceu às 14h30 (hora local). Ted Lapidus sofria há alguns anos de leucemia”, declarou a irmã e também estilista Rose Torrente-Mett.

Ted Lapidus será enterrado na sexta-feira (2) no cemitério Père Lachaise de Paris.

Edmond Lapidus, ou Ted Lapidus, nasceu no dia 23 de junho de 1929 em Paris; filho de alfaiate russo, estudou engenharia em Tóquio, no Japão. Abriu a primeira loja na capital francesa em 1958, onde vendia roupas desenhadas com grande apuro técnico, tendo Annabelle Buffet como uma de suas primeiras modelos. Ele também vestiu Brigitte Bardot e Alain Delon.

Segundo Torrente-Mett, “Ted foi o primeiro costureiro da nouvelle vague, o mundo inteiro o conhecia”.

Também famoso por ter lançado o estilo militar e as ombreiras, foi admitido na câmara sindical da costura parisiense em 1964.

“Era um grande estilista” declarou à AFP seu filho Olivier, também costureiro. E cita seus looks feminino/masculino, o blazer.

A maison Ted Lapidus encontrou muito cedo o sucesso que lhe permitiu tornar-se “a ponta de lança de um movimento que acabou por destituir a ‘haute couture’ e revolucionou o estilo”, segundo o “Dicionário Internacional da Moda”.

Ted Lapidus se definia como o costureiro da rua, a serviço de um estilo de qualidade. Nos anos 1980, a griffe procurava um segundo sopro enquanto se sucediam as compras de empresas.

Vários conflitos opuseram o pai e o filho Olivier sobre a utilização do nome de família. No final, eles se reconciliaram, com Olivier sucedendo ao pai.

“Não brigamos realmente. Tivemos problemas ligados à presença de dois Lapidus na moda, mas sempre nos amamos e esta noite sou um filho que chora por seu pai”, declarou Olivier.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: